La Bella Italia

La bella Itália…

O País do sul da Europa, em forma de bota… O País dos românticos, dos bonitos, da moda, da arte, da Torre de pisa…Dos Romanos de Júlio César, das pizzas, do Papa, da Máfia, do Futebol, das vespas…Enfim…Itália é um Mundo infinitamente belo…E quem nunca se imaginou em Itália?

…Vou contar vos um pouco da minha história por Itália…Vivi pouco mais de um ano na região de Emília Romagna, província de Ravena, numa pequena cidade na costa do Mar Adriático, chamada Cervia. A 40 minutos de Bolonha. Antes disso, já tinha estado por Bolonha a visitar o meu irmão de Erasmos. Digamos que não me era totalmente desconhecido os ares Italianos…

Centro histórico de Ravena

Cervia.

Eu vivia ao fundo de uma rua sem saída, numa vivenda com jardim…as ruas tinham pinheiros grandes e atrás destas vivendas tinhamos a praia…como era lindo espreitar por aquela varanda…

Piadina…Já ouviram falar? Uma especialidade daquela região…E Cervia tinha as melhores…Eram vendidas nuns quiosques de tons vermelho e branco…Esqueçam lá as pizzas, a Piadina Italiana é divinal e faz crescer água na boca…

A piadina Italiana
Piadina

…Um dos melhores restaurantes onde já comi em Itália (senão o melhor) O Restaurante Il Moro…Ficava a uns metros da nossa casa, só servem jantares e com marcação, garanto vos que é dos melhores restaurantes que já comi até hoje…Confesso que sou mesmo uma priveligiada…

Restaurante Il Moro com os papas

Como boas “Italianas”, tinhamos de ter uma bicicleta para andar…Uma vez que aqui desde novos a velhos, tudo tem uma bicicleta em Itália…Lá fomos ao quintal da vizinha “pedir” umas bicicletas emprestas…calma, no fim devolvemos tudo. Esta zona, por ser de Praia, existem muitas propriedades fechadas, de familias que só vêm para aqui no Verão.

Praia de Cervia
Bambolini (bolo típico da região) com capuchino

Em Itália adorava ir ao “Aperitivo”, os Italianos, depois do trabalho juntam-se numa esplanada de café e tomam o seu aperitivo. São servidas entradas variadas, (tens de escolher o melhor bar de aperitivo para ires) e só pagas as bebidas. Uma prática comum para os finais de tarde em convívio. Adoro!

O melhor aperitivo, claro que era em Cervia, num bar de Brasileiros. Por dentro o bar parecia uma floresta…e fazia me lembrar a alice no País das maravilhas…O aperitivo era um autêntico jantar… desde lasanha, massa à bolonhesa, pão quentinho, pizzas saídas do forno, e a bebida que mais saia era a “Maracuja”! Ainda hoje tenho o sabor presente…Longas tardadas ali se passavam…

Centro histórico de Cervia
Centro histórico de Cervia
Edifício da Câmara municipal de Cervia

Cervia é uma cidade pequena, o centro histórico é num largo interdito ao trânsito, com uma igreja e o edifício da Câmara Municipal. Cervia tem um pequeno porto, com ruas à volta, onde se encontram alguns bares, cafés e restaurantes. Aqui as pessoas cumprimentam nos no Café, deslocam-se de bicicleta e passeiam por ali…

Italiana com o seu cão a passear de bicicleta

San Marino.

A cerca de 30 minutos dali, está a República de San Marino. Uma República independente de Itália, que mais parece uma vila mediaval saída de um conto de fadas…Aqui tudo é mais barato porque não se pagam impostos, uma espécie de Andorra em Espanha…Mas San Marino era diferente, bem no alto de uma colina, entre muralhas, andamos sobre a calçada e voltamos à epoca mediaval…Antes de entrar nas muralhas, um guarda com capacete e luvas brancas, manda os carros parar para atravessarmos a passadeira e entrarmos pelas portas do castelo…É Lindo, caminhar de Torre em Torre com toda aquela vista, é de facto uma grande fortaleza num conto de fadas…

San Marino

Rimini.

Dizem que muitos famosos vêm para aqui no Verão. Zona de Praia e festas…com o centro histórico muito bonito e antigo…fica a 20 minutos de Cervia…Logo no inicio de estar em Cervia, eu e a Raquel decidimos ir até Rimini de scooter…recordo me perfeitamente desse dia…já no regresso ficámos paradas em plena autoestrada, com uma scooter emprestada…Scooter essa que não tinha qualquer documentação… E eu e a Raquel ali…debaixo de um túnel a fazer se noite, com uma mota emprestrada…Claro que a multa não foi para menos…basicamente estava tudo ilegal…até o facto de sermos 2 e a mota só levar 1 pessoa, da scooter nao poder estar numa autoestrada (isto porque não encontrávamos o caminho de volta a casa)…Mas no meio disto tudo, achei o máximo a Sra policia nos querer levar a casa no carro patrulha…Os Italianos são assim…Simpáticos, bonitos e prestáveis…

Passeio por Rimini de scooter
Centro histórico de Rimini
Rimini

Veneza

Quem nunca…ouviu falar de Veneza? E eu que já andei por “tanto lado”, Veneza continua a ser uma das minhas cidades preferidas…como chegar? Em Itália é fácil deslocarmo nos. A rede de comboios é uma das melhores, portanto andar de comboio para qualquer cidade, é sempre a melhor opção. A rede de comboios Trenitalia tem vários horários, entre os rápidos e os mais lentos, consoante o preço, comboios nocturnos…opções não lhe vão faltar para o horário que mais lhe convenir. Todas as estações têm máquinas e é só tirar o bilhete na hora. Não se esqueça de picar o bilhete antes de entrar no comboio…senão acontece lhe como a mim, que fui multada numa das inúmeras idas a Veneza. De Cervia a Veneza pela trenitalia, são aproximadamente 2 horas.

Saída da estação de comboios

…Mas o que me fascina tanto em Veneza?Tudo!!

…De verdade…e basta sair da estação de comboios, damos de caras com aquela cúpula gigante da Igreja…descemos as escadas e um canal de àgua a passar… Começamos a aperceber de todo aquele mundo “marítimo”. Barcos, barquinhos, barcos-taxi, barcos-ambulância… enfim…Veneza é um mundo à parte…e a mim resta me desfrutar de todo aquele movimento meio louco de barcos e de pessoas…

Grande Canal
Gôndola a transportar um turista
Movimento de Veneza

Em Veneza é fácil perder se e voltar a encontrar se…Isto porque as ruas são quase todas iguais, pequenas e estreitas, e veneza não é assim tão grande para se perder de verdade…Peça um mapa em qualquer hostel, vá atè à Praça de S.Marcos, peça uma fatia de pizza e passeie por ali. Suba à Torre, entre na igreja…Ande de Vaporeto (barco), mas compre um passe diário, é o metro de veneza. Vá atè Lido, a outra ilha que avistamos da Praça de S.Marcos…Se tiver algum dinheiro extra, ande de Gôndola (confesso que nunca o fiz por achar demasiado caro, 70- 80 euros por pessoa) mas pode sempre negociar…

Ruas de Veneza
Típicas mascaras de Veneza
Ponte Rialto
Plaza de S.Marcos

No ano que estive em Itália, fui cerca de 5 ou 6 vezes a Veneza…e quero ainda voltar…

Milão

Milão…Faz me lembrar logo…Moda! Passeava pelas Galerias Vittorio Emanuel II, e imaginava-me com muito dinheiro e a fazer compras ali..curiosamente foi em Milão que comi os melhores gelados Italianos. Uns que o cone da bolacha tinha uma pequena cobertura de chocolate no fundo…da montra da gelataria viamos o chocolate derretido a cair para uma panela gigante rotatória…parecia uma autêntica casa de chocolates dos duendes do Pai Natal…recordo-me que a gelataria era numa ruela paralela ao largo onde se encontra a monstruosa Catedral Duomo… Aquele incrível e imponente edifício. Mas milão não é só moda….É arte! Ou não fossem todas as cidades Italianas autênticas obras de arte. Em milão, mas só com marcação, pode ver o afresco da última ceia, de Leonardo da Vinci. Mas atenção que precisa de marcação, o afresco está nas paredes do que era uma cozinha, do convento de Santa Marie delle Grazie… Existem muitas mais galerias de arte que podem ser apreciadas, caso seja esse o seu prepósito.

Catedral Duomo Milão

Lago di Cuomo.

De Milão ao lago do Cuomo é 1 hora de comboio…Aquele que é o 3o maior lago Italiano. Merece a visita…Saímos na estação de comboios…e um bocado mais à nossa frente, já podemos ver o grande Lago di Cuomo, envolto em montanhas…Parece infinito…”Mas a grande vista é lá de cima!!” dizem eles…

Lago di Cuomo
Funicular
Funicular

Então lá fomos nós! Apanhámos o fulicular e subimos! Espetáculo!!!!

Vista do funicular do lago di cuomo

Mas não ficava por ali…para subir mais, só num “passeio” pedestre, confesso que estava a desesperar e me doiam as pernas…7 kilómetros…sempre a subir…Foi duro!!! Mas a vista quando aqui chegamos compensa…e avistavam se os Alpes Suiços…dum lado Itália, do outro Suiça!!! Valeu o esforço!!!

Subida até ao topo
Vista
Vista

Roma.

Roma…Tem tanto para ver…Acho que poderiamos estar aqui um ano, que iríamos descobrir sempre algo novo!! Classificada pela UNESCO como Património Mundial, é um dos destinos mais visitados do Mundo e o 3° mais visitado da Europa… (1°Londres; 2°Paris) E é fácil perceber se porquê…

Panteão de Roma
Monumento Vitorino Emanuel

Desde as Ruínas ao Coliseu, da Fontana di Trevi ao Panteão, das escadarias à Piaza Navola, da Piaza do Papolo ao movimento dos turistas, das esplanadas cheias ao som da viola pelas ruas…Respira-se arte! Somos autênticos peões a vaguear num tabuleiro de Ruínas Romanas…e para conhecer Roma não precisa de transportes…a proximidade das atrações não justifica, e a graça de Roma é mesmo essa…Vaguear e conhecer tudo a pé…

Roma
Fontana di Trevi

(Confesso que o que menos gostei foram os vendedores ambulantes, andam por todo o lado e torna-se chato estar sempre a dizer que não…) Roma, carregada de história, arte, religião, gastronomia, cultura…vem me muitas vezes à cabeça o filme do Gladiador, Asterix…E de como seria gerir todo aquele exército Romano!!! Imaginam-se?

Foro Romano

Vaticano.

O Vaticano…Sagrado, aquele pequeno estado, independente de Itália, mas que parece que é aqui que tudo acontece… ou não fosse aqui onde vive o Papa…

Vaticano

O Vaticano ou a cidade do Vaticano é o País mais pequeno do Mundo com 0,44 kilómetros. Fica em Roma e o meu conselho é irem visitar o Vaticano num domingo, para poderem assitirem à missa do Papa em plena Praça de S. Pedro…É lindo…arrepia e para quebrar o ditado: “ir a Roma e não ver o Papa”.

Castelo de Santo Ângelo
Basílica de S. Pedro
Papa Francisco a dar a missa na Janela

Também pode assistir à missa do Papa às 4a feiras, mas existe um calendário onde pode verificar todos os eventos e por onde vai andar o Papa… (é pior que o nosso Presidente Marcelo Rebelo de Sousa).

A Capela Sistina é de visita obrigatória, lá encontra o famoso fresco, O Juízo Final, de Michelangelo. É também aqui que se realiza a Conclave, (escolha do novo papa) onde é escolhido e anunciado o novo Papa ao mundo.
Torino

Pois é, esta cidade bem no norte de Itália, terra da famosa Juventus, fica na região de Piemonte. Não conheço muito confesso, porque a única vez que estiver aqui foi a ver a final da liga Europa, que o Benfica deixou escapar para o Sevilha…Lembro me da Raquel a rezar com o Papa do benfica durante os penaltis…Parece que não deu muita sorte…

No estadio da fina da Taça UEFA
Avenida de Torino

Florença

Próxima estação… Firenze! A maior cidade da região da Toscana. Desenvolvida às margens do Rio Arno, esta terra de sonho é lindíssima…considerada o berço do Renascimento Italiano é património mundial da UNESCO e é visita obrigatória!! Comboio tardavamos cerca de 1h30 até lá…Adoro mesmo a rede de comboios de Itália!!

Aquela estátua de um homem nú que muitas vezes aparece por aí em imagens? É David, e foi esculpida por Michelangelo, uma obra-prima do artista que marca o Renascimento em Itália. Encontra-se na Academia de Belas Artes em Florença e retrata David após a batalha contra Golias.

Estátua de David, obra de Michelangelo

A Cúpula da Catedral de Santa Maria do Fiore, é impossivel não a ver…de qualquer lado se vê aquela maravilha! A serio que Itália deixa qualquer um de boca aberta…Pode subir à cúpula e apreciar toda a vista, pague bilhete e vá!!
Ponte Vecchio, lembra-me a Ponte de Girona, em Espanha. Muito semelhante mas tenho de admitir que esta é mais intensa, movimentada e lá está, é Itália…Construida I Século antes de Cristo, reza a lenda que durante a 2° Guerra Sundial, quando os Alemães ja tinham perdido a Guerra mas continuavam a deixavam um rasto de destruição, não tiveram coragem de destruir a ponte pela sua beleza…Imagine só..!! Aprecie toda aquela magia envolvente…e tire muitas fotos…Mas Florença tem muito mais para ver… 1 dia é suficiente, mas se quer apreciar tudo com calma tire 2 dias para Florença.

Ponte Vecchio
Ponte Vecchio
Plaza Michelangelo

Verona.

Verona visitei já de noite, num desses comboios nocturnos. Apesar de estar tudo fechado, não deixou de ter o seu encanto…O Coliseu iluminado com uma lua cheia atrás, subir ao castelo e ver todas aquelas luzinhas pela cidade e a lua a refletir pelo Rio…a Praça central cheia de vida, estudantes que por ali se juntam no convivio…Só faltou entrar na casa do Romeu e Julieta, mas ainda assim, se via a varanda da Julieta…

Vista sobre Verona do Castelo
Coliseu de Verona

Itália…Uma viagem no tempo, dizem que Itália é para os românticos e apaixonados… e talvez com razão, pois mesmo que vás sozinho/a depressa te vais apaixonar por aqui. Não é fácil ficar indiferente a tanto romantismo, misturado com a arte, mistério e estilo que Itália nos proporciona. Histórias como Romeu e Júlieta, o Totti e a Roma mexem até com os mais sépticos…Comigo foi assim…

Ciao Itália per sempre in mio Cuore!!

🗺🌐📍❤❤🇮🇹👑🌍😍📿🏟🏛🌍⛲🖼🎨🎭

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s